Mostrando postagens com marcador Pregador LU. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pregador LU. Mostrar todas as postagens

06/12/2015

Pregador Luo – Letras do CD Governe!

Pregador Luo – Letras do CD Governe!
Aqui você, vai ver várias letras do CD. Governe! Do pregador Lu


Governe

Governe
Com a mente de Cristo
Governe
Com justiça
Governe
Com a mente de Cristo
Exerça comando
Pois existe um bando
Que já vem roubando
há séculos
Nos julgam acéfalos
Grupo do mal que ao mal induz
Com sua mentiram terríveis
Essa alcatéia conduz
As pequenas ovelhas mansas
Para uma morte de cruz
Eles comem nossa carne
Eles tomam nosso sangue
Em concílios seus filhos
Escravizam nossos filhos
Cinismo nepotismo
Narcisismo e ganância
Não poupam nem criança
Até pedofilia praticam
Em suas orgias
Passam os anos
Passam os dias
Mas nunca terminam suas regalias
Cuidado perigo
Meus inimigos estão no poder
E faz tempo
Culpados pelo sofrimento
Que aflige toda minha gente
Fisicamente ou mentalmente
Dominam tão cruelmente
Mas lúcifer não vai nos vencer
Assuma sua vida
Deus te deu poder
Governe
Com a mente de Cristo
Faça o bem
Não prejudique ninguém
Governe
Não seja omisso
Tenha compromisso
E pulso firme
Governe
Pelo futuro do país
E de sua família
Assuma agora o controle
Governe
Com justiça
Governe
Com justiça
O ensino precário
Impede o pleno saber
Quem não sabe
Nada jamais vai entender
Quando na TV ele vier te dizer
Com seu voto ele pode
Consertar a situação
E que vai resolver
Não acredite nessa falação
Pois quem mente se torna
Filho do cão
Máfia conchavo conspiração
Fome de poder em qualquer escalão
Líder religioso negocia
A congregação
Massa de manobra
Alienação
Escassez da verdade
Enganosas promessas
De prosperidade
Falsas doutrinas
Falsos milagres
Falsa humildade
Falsa felicidade
O que prospera o ser humano
É integridade
Honestidade e honra
Força e muito trabalho
Faz com que a mão do Senhor
Se estenda para abençoá-lo
Liberte-se de todo engano
Acorde! Acorde!
Desperte do sono!
A matriz está te manipulando
Você está vivendo?
Ou só vegetando?
Governe
Com a mente de Cristo
Faça o bem
Não prejudique ninguém
Governe
Não seja omisso
Tenha compromisso
E pulso firme
Governe
Pelo futuro do país
E de sua família
Assuma agora o controle
Governe
Com justiça
Governe Com justiça
Governe
Ocupe-se! Ocupe-se!
Quando não colher nada
Chefie
Endireite toda sua casa
Ou te mandam para vala
Numa cova rala
Recompensa de quem rala
É tomar tapa na cara
São cerceados
Enquanto ele consomem
Você quer ficar nas mãos
De quem nas suas
Outros homens
Despertaram o que eu proponho
Eu sofro o pesadelo
Pro ladrão viver o sonho
E descartar você
Como se fosse lixo
Lhe tratar como morto
Sendo que você está vivo
Político Sujos!
Homem de má fama
Política é um jogo
que se joga na lama
Vermes! Vermes!
São apenas vermes!
Não permita mais
Que eles te governem
Ser protagonista ou Antagonista
Ser um libertário
Ou mais um terrorista
Controlar a própria mente
Ou se perder de vista
Quem não se arrisca
Não muda de vida
Mente que não se expande
Atrofia entra em pane
Clame! Chame o nome de Cristo!
Conclame
Seja justiça no mundo
Diga! Passa!
Gere desconforto
em quem sempre te ameaça
São tempos difíceis
Mas não invencíveis
Chega de escândalos
Expulsem os vândalos
Governe
Com a mente de Cristo
Faça o bem
Não prejudique ninguém
Governe
Não seja omisso
Tenha compromisso
E pulso firme
Governe
Pelo futuro do país
E de sua família
Assuma agora o controle
Governe
Com justiça
Governe
Com justiça

Blindadão

Blindadão
Uô, Pregador Luo
Santo é o sangue,Santo é o sangue, santo santo é o sangue
Santo é o sangue,Santo é o sangue, santo santo é o sangue

Tô blindado, tô blindado, no Senhor eu tô blindado
Tô blindado, tô blindado, o meu bonde é intocável

Pra colar nesse bonde, tem que ser mil grau, tem que tá na linha, tem que ser legal,
porque sem Deus e seu amor incondicional, vagabundo passa mal, passa muito mal
não tem oi pro X9, não tem oi pro zoião, só lamento pra quem deixa os irmão na mão
lamentável demais essa situação, só fiel só fiel cola nessa missão, a proteção do Senhor está sobre meus manos está sobre minhas minas, abaixem os canos, nada de tiro nada de danos, só na disciplina geral passando o pano, mestrão lá do céu tá nos observando, deixa na mão dele que ele ta controlando
Deus no controle, é Deus no controle tá tudo pela ordem, Louvo o teu nome

Blindado, irmão eu tô blindado, espírito blindando, no sangue do Senhor ôô
Tô blindado, irmão eu tô blindado, em Deus eu tô guardado
Ele é meu protetor ôô
Tô blindado, tô blindado, no Senhor eu tô blindado
Tô blindado, tô blindado, o meu bonde é intocável

Cada um, cada qual, cada um na sua função, uns tão bem outros não, vivem na assolação, vendo assombração, só programa muita treta,mas calma tem uma solução
Pai livra nos do mal e toda aflição, das angustias da vida e de toda traição, blinda minhas irmãs, blinda meus irmãos, blinda nossa fé, fortalece todo coração que confia em ti
Pois o vento nem sempre sopra á favor, nessa hora aceite, ora, confia no Senhor
pessoas demais pensando no mal, querendo fazer ruindade, então calme o sangue de Cristo para nos blinde de toda maldade

Blindado, irmão eu tô blindado, espírito blindando, no sangue do Senhor ôô
Tô blindado, irmão eu tô blindado, em Deus eu tô guardado
Ele é meu protetor ôô
Tô blindado, tô blindado, no Senhor eu tô blindado
Tô blindado, tô blindado, o meu bonde é intocável
Composição: Pregador Luo

Em Tudo Está (Salmo 139)

Em tudo está em qualquer lugar
No extremo do mar
Nas asas da alva
Em tudo está
Onde quer que eu vá
A sua mão me sustentará

Ele me conhece
Sabe sobre mim aquilo que ninguém mais sabe
Ele me entende, pois meus pensamentos
Não são segredos, estão compartilhados
Meus ambientes são todos cercados pela sua presença
Que me recompensa e me faz acreditar
Que em todo momento, em qualquer movimento
Sua presença estará por lá
Se eu andar, ou me deitar
Conhece qualquer caminho que eu venha a caminhar
A palavra que ainda nem formei em meus lábios
Já é sabida pelos sábios dos sábios
Mas se encha que eu não posso atingir
Tão maravilhosa, tenho que admitir
Pois do seu espírito não há como fugir, não há

Fica comigo, vai comigo
E me guia pro fruto da eternidade

Se eu subir ao céu ou fizer minha cama no inverno
Lá também estará o criador eterno
Pois não há disfarce que me oculte da tua face
Nem as trevas é capaz de me esconder
Não há nada oculto que não possa ver
E no ventre da minha mãe a me tecer
Viu meus ossos se formando, o embrião crescer
Especial, admirável
Tua maneira de me conceber
Determinou meus dias escreveu no teu livro
Já os conhecia quando eu nem estava vivo
Planeja e pensa pra mim o melhor possível
Seus inimigos, são meus inimigos
Sonda o meu coração e arranca dele o que não te agrada
E com tua mão me guia para a tua casa


Mova Minhas Águas

Ui, 7 t, 7 t
Hey, hey
Ui, ui... Rá

Começo o dia, levo você comigo, não desperdiço um pingo
Sem você não tava vivo,
Valorizo cada gota que inunda a minha boca
Que refresca minha pele e que lava minha roupa
É por sua causa que na terra todos vivem
Nos renova, nos restaura, és nossa origem
Pena que na terra uns não te valorizem
É um espetáculo quando desce do céu
Olho maravilhado esse show, tiro o chapéu
Trovões anunciam a visita da vida
Os raios abrilhantam o milagre mais ainda
Nuvens, nuvens, benditas nuvens
Guardam energia que faz acender as luzes
A todos nesse mundo é você que alimenta
A paisagem sem você se entristece e fica seca
Te recebo com alegria. Vem, molha meu planeta

Água, eu, eu, eu quero água
Eu não vivo sem você não
Água, eu, eu, eu quero água
Eu preciso te beber
Milagrosa água tu és
E ninguém nesse mundo vive sem tomar de ti

As árvores e as flores, as plantas e as crianças
Todos regojizam, te celebram com uma dança
Quando escorre pela pele, quando molha o meu corpo
Quando mata minha sede, quando lava o meu rosto
Quando limpa minha sujeira e remove a impureza
Quando enche o meu copo e espanta minha tristeza
Admiro sua beleza preenchendo o mar
Te contemplo em ondas lindas que não param de formar
Faz um tubo alucinante pro surfista deslizar
Toda semente te aguarda para poder germinar
Descobrir o fogo foi muito importante
O vento nos cabelos é reconfortante
Só que sem você não passo, é insubstituível
Tão indispensável, tem uma força incrível
Vital, vital, não pode faltar
Me sacia, me refresca, vem me hidratar

Água, eu, eu, eu quero água
Eu não vivo sem você não
Água, eu, eu, eu quero água
Eu preciso te beber
Milagrosa água tu és
E ninguém nesse mundo vive sem tomar de ti

Eu tenho uma fonte, eu tenho uma fonte
Eu tenho uma fonte que não para de jorrar
Quem bebe dessa fonte, quem bebe dessa fonte
Quem bebe dessa fonte vai se purificar
Pois a água dessa fonte vai te saciar
Ela brota de um rio que nunca vai secar
É fonte de água viva que vai te conservar
Mergulhe nessa água, bora se refrescar

Água, eu, eu, eu quero água
Eu não vivo sem você não
Água, eu, eu, eu quero água
Eu preciso te beber
Milagrosa água tu és
E ninguém nesse mundo vive sem tomar de ti
Água, água, água, água, água, água, água, água, água, água

Imprescindível, insubstituível, vital, vital, não pode faltar
Imprescindível, insubstituível, vital, vital, chuá, chuá
Imprescindível, insubstituível, vital, vital, chuá, chuá
Água, água, água, água, água, água, água, água, água, água
Insubstituível, vital, imprescindível, vital, chuá, chuá, chuá, chuá
Água, água, água, água, água, água, água, água, água, água
Composição: Pregador Luo


Testemunhe

Vou sair pelo mundo apreciando as rosas
Olhando as coisas bonitas, notando as maravilhosas
Ciente, que há flores que também são espinhosas
Que a coroa de cristo na cruz não foi nada prazerosa
Sabendo que a situação nem sempre é favorável
A luta, as vezes, se torna insuportável

E ao invés de olharmos para a cruz
Olhamos para o escárnio daqueles
Que dizem que nós não vamos conseguir
Que olharam Jesus na cruz e começaram a rir
Dizendo pro senhor que se ele fosse Deus, descia dali

Mas ele ficou lá, foi até o fim
Pois a missão que tinha não terminava ali
Foi consumado, é fato, teu amor espalhado
Pelo homem louvado, como Deus adorado
Amado por milhões, odiado por alguns
Fez o bem, fez o certo, não fez mal pra nenhum

Testemunhe todo bem que ele te fez
Testemunhe todo amor que ele te deu
Testemunhe toda cura, milagre, que ele te entregou
Erga as mãos,e louve a Deus
O senhor que te salvou, que te salvou

Gerações andam pelo seu conselho
Estava com moisés quando abriu o mar vermelho
Exato não é dúbio, avisou noé sobre o dilúvio
Fez de salomão um grande homem pensante
Capacitou Davi para derrotar gigante
Lutou com Josué na batalha, evitou que Daniel
E seus amigos queimassem na fornalha
Curou homens e mulheres de suas limitações
Mais que o corpo e a carne, curou vários corações
Iluminou a noite, confrontou facções
Instruiu multidões, motivou doações
70 x 7 é a cota de perdões diários
Reprovou atalhos, falsos profetas, fúteis
Repudiou doutrinas humanas, inúteis
Morreu por amor e pra você testemunhar, que ele ressuscitou e logo vai voltar!

Testemunhe todo bem que ele te fez
Testemunhe todo amor que ele te deu
Testemunhe toda cura, milagre, que ele te entregou
Erga as mãos, e louve a Deus
O senhor que te salvou, que te salvou
Cordeiro verdadeiro, que nos amou primeiro, nossa fé testificou
Abençoou com milagres infindáveis
Sinais incontestáveis, que me fazem te seguir

Testemunhe todo bem que ele te fez
Testemunhe todo amor que ele te deu
Testemunhe toda cura, milagre, que ele te entregou
Erga as mãos,e louve a Deus
O Senhor que te salvou, que te salvou
Composição: Pregador Luo

Pai Nosso (Venha o Teu Reino)

Existe um pai no céu que é santo e justo
Ele tem vontades opostas aos homens
Desde mundo
Nunca vira as costas
Para clama seu nome
Jamais negou comida para aquele que estava com fome
Nao tem prazer na morte do impio
Cuida de nos desde o principio
Quebra a corrente do vicio,
Libera o coração de quem pediu para ser limpo
O bom pastor é Jesus cristo
Salvador ungido, caminho que eu sigo
Verdade inalterável, vida incomparável
Evangelho inabalável que não é negociável
Onde os homens encontram paz, perdão e justiça
Ao som da voz do mestre quem ta morto ressuscita

Pai nosso que estas no céu
Santificado seja o teu nome
Venha o teu reino
Seja feita a tua vontade
Assim na terra como no céu
O pão nosso de cada dia nos da hoje
Perdoa as nossas dividas
Assim como nos perdoamos
Aos nossos devedores
Não nos deixe cair em tentação mas livra nos do mal
Amem
Porque teu é o reino, o poder
E a gloria para sempre

Tua vontade é boa perfeita e agradável
A nossa é ruim imperfeita e miserável
Endurecidos pelas desilusões
Enfraquecidos por insanas ambições
O desamor tem mil razoes
Assim nascem os vilões
Só que o amor do senhor
Possui todas as virtudes
Tem todas as razoes
Por isso estamos vivos
Salvos e remidos
Com um reino diferente
Eu estou comprometido
Onde o pastor não esfola as ovelhas
Onde o rei não e cruel e reparte a sua ceia
Nesse reinado dinheiro não compra a felicidade
Não tem oferta nem barganha em troca de milagre

Pai nosso que estas no céu
Santificado seja o teu nome
Venha o teu reino
Seja feita a tua vontade
Assim na terra como no céu
O pão nosso de cada dia nos da hoje
Perdoa as nossas dividas
Assim como nos perdoamos
Aos nossos devedores
Não nos deixe cair em tentação mas livra nos do mal
Amem

Buscai o reino do céus que o messias a perdoou
Abandonai a ilusão que o ser humano inventou
Falsos profetas e as suas metas que não se parecem
Com a de Jesus
Não se corrompa nem se contamine com a prostituta
Que ao mundo seduz
Hipócritas oram pedem que seja feita a sua vontade
Mas se queimam todos os dias na fogueira das vaidades
Distorcem santas verdades se portam como covardes
Comercialização e vendem a fê para obter propriedades
Lançam foras os pequeninos, se juntam com os poderosos
Rejeitam os oprimidos e andam com os asquerosos
Esse reino tão pregando, não tem parte com da bíblia
O preço foi pago pra salvação ser gratuita

Wol!

Pai nosso que estas no céu
Santificado seja o teu nome
Venha o teu reino
Seja feita a tua vontade
Assim na terra como no céu
O pão nosso de cada dia nos da hoje
Perdoa as nossas dividas
Assim como nos perdoamos
Aos nossos devedores
Não nos deixe cair em tentação mas livra nos do mal
Amem
Composição: Pregador Luo

Minha Alma É Triste, Mas É Feliz

Entre todos os anseios que minha alma tem
Existem os bons, os ruins, tudo que sonhei
Aquilo já vivi ou nem realizei
As promessas que cumpri as promessas que quebrei
Tudo que planejei, gostei ou desgostei
Quando me senti plebeu, quando me senti um rei
Do choro da ilusão, ao pranto de amargura
Da fartura do oasis pra aridez e secura do deserto
O ódio e o amor convivem de perto
Um mar de desgosto, um mar de rosas
Conversas duras, línguas espinhosas
Lembranças macias de tardes gostosas
Temos dias exuberantes noites majestosas
Ações catastróficas, bagunçando as órbitas
Razões nem tão lógicas destroem o equilíbrio
A vida caótica do pai e do filho
O passeio tava bom até o trem sair do trilho
De toda lembrança que habita nas salas
Nos quartos da mente e do coração
Mandei o bem para o sótão e o mal pro porão

Minha alma é triste, mas é feliz
A noite vem passo a passo
Os dias se vão e eu não passo
O amor se vai como água barrenta
A vida é breve, mas é lenta

Eu quero plantar uma semente do bem
Pra quando o fruto brotar abençoar alguém
Que vive assim querendo ser feliz
Errando por pouco e acertando por um triz
Suspirando pelos cantos
Devorado pelo pranto da tribulação
Que também produz bom animo e gera alegria
Que faz valer o dia da motivo pra acordar
Só chorar e reclamar eu sei que não adianta
A estrada da felicidade é uma trilha longa
Então põe-se no caminho levanta e anda
Descubra logo o significado
Por que uns dias tão felizes
E outros entediado, suporte o fardo
Do misterioso enigma indecifrável
Aprenda a arte de viver desse jeito
Uma hora infeliz e na outra satisfeito
Outro ano, outro trecho
Na estrada da vida a morte é o desfecho
Então pague o preço que te condiz
Ter uma alma triste que também é feliz

Jesus pediu pro nosso pai afastar aquele cálice
Confiou na apólice, acreditou na prophecy
Cheio de aflição mas não desceu da cruz
Suportou pelo amor que até hoje conduz
Corpos cansados é o que se deduz
Que nenhum homem faz jus a redenção que tem
Mesmo assim ele vêm e liberta o refém
Igual a mim, igual a nós ele chorou também
Pois quem ama sofre, o amor não poupa ninguém
Vide palestina e jerusalém
Entre o bem, entre o mal, entre o céu e o inferno
Que entre na alma o alivio eterno
Aquilo que passou nunca mais volta a cena
Debruce na mesa, estude o problema
Santo espírito tu sabes o quanto eu quis
Separar a parte triste daquela que é feliz
Composição: Pregador Luo

Faça o Bem

Faça o bem, faça o bem, faça o bem porque o mundo vai mal, muito muito mal

Eu já nem sei mais onde eu estou
O clima mudou e o ser humano deteriorou
Há mundo tão desigual, de um lado afunda e total
Do outro esse carnaval
Branco odeia negro, negro odeia branco
Mas tem negro que odeia os próprios negros
A soma de todos os medos resulta no planeta água
No lugar onde a filha de eva se acaba, lugar onde o filho de Adão odeia e mata
Só que o motor do planeta está entrando em pane, enriquece com petróleo e morre com tsunami
Os tempos são maus e pessoas são más
Crianças são cortadas ao meio com tiros de atacar
Sinais são vistos, chora agora quem não acreditou, mas eu estou firme na rocha e sei pra onde vou!

O mundo não muda mas você pode mudar
Fortaleça sua luz e deixe ela brilhar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal

Preciso de amor, preciso de carinho, vou pedir pra Deus por alguém no meu caminho
Que me dê sem querer nada mais que eu mesmo em troca, coisa preciosa é comunhão com os irmãos mas não cultivo a ilusão que alguns preferem, sei que não to vivendo no jardim do éden
Convivo por aqui com homens que fedem, fantásticos e ordinários, vermes mercenários
Abutres no poder nada mais que mafiosos, comem nossa carne e ainda bicam nossos ossos
Pegou tudo que quis, roubou tudo que pôde, é o bicho da maçã devora até o que já está podre
Cigarras preguiçosas não ajudam no plantio, gafanhoto egoísta devorou tudo o que viu, pegou tudo só pra ele, muqueou não repartiu, território de ninguém, pátria amada brasil!
O mundo não muda mas você pode mudar
Fortaleça sua luz e deixe ela brilhar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal

Veja só o que virou o paraíso que Deus criou
Na mão do ser humano o bagulho esfarelou
Morreu o sonho lindo da vida em harmonia
Contagem regressiva para o fim dos dias
Rico sem mansões, pobres aos milhões em periferias
Também na viatura te olhando com raiva, ladrão fazendo plano para roubar outra casa
Crente de joelho orando, pedindo a graça, político caô vivendo de trapaça,
País do futebol sonhando com outra taça, sintetizando tudo, forma o fim do mundo
Povo surdo, não ouve a voz da razão
Povo cego, não vê a própria destruição
"Cala boca moleque, fica quieto e engole o choro", a mãe grita no sinal com o filho cheio de piolho, não vai ser com medicina a cura desse câncer,só com intervenção divina que vem de cima
O mundo roda mais uma hora, vai parar
Eu to contando os dias pro céu abrir, e Jesus cristo voltar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal


Rolê da Consciência

Che, che, chega de ausência
Vem comigo no rolé da consciência
Vem comigo no rolé da consciência
Che, che, chega de ausência

Ele tava la, esperando o fregues
Ta vendendo seus bagulho e não tem nem 16
Fico pensando no dia que chegará a sua vez
Garoto problema, quer sair do esquema
Vai ter que se virar, porque ninguém sente pena
E foi assim que a luz iluminou seu coração
Quando a mente despertou ao som da voz da razão
Vamo irmãozinho segurando minha mão fortalece o cordão

E no caminho nois trombamos aquele outro irmão
Sentado no conto, chorando o baixo pranto da decepção
Seu salario e menor só porque e negão, patifaria total
Nesse planeta de estoques
Não se entrega nosso espirito e bem mais forte
Então ele se levantou, sorriu e se motivou
Olhou pro céu e respirou bem fundo
Agora já somos três influenciando o mundo

Coisa melhor, sim eu sei que consigo
Eu não tomei, nem morri, ainda to vivo
Daqui pra frente
O meu corre é outro pra mim já deu
Larguei mão vou virar o jogo

Toda mulher é linda, importante e preciosa
Foi o que dissemos para aquela irma chorosa
Que estava com o olho roxo
E moletom rasgado
E assim ela largou o vacilão do namorado
Mais pra frente outra mina parada numa esquina
Sozinha da vida, só queria amor
Mais alguém violentou seus sonhos e a traumatizou
Ce precisa o verdadeiro amor, atenção e cuidado
Seu corpo já não aguentava mais aquele maldito fardo
Em voz alta ela pensou:
Eu sou mais que isso, coisa melhor eu sei que mereço
E nunca mais vendeu
Aquilo que não tem preço

Coisa melhor, sim eu sei que consigo
Eu não tomei, nem morri, ainda to vivo
Daqui pra frente
O meu corre é outro pra mim já deu
Larguei mão vou virar o jogo

No caminho perto da escola haviam duas crianças
O menino era fofinho, a garotinha usava óculos e tranças
Seus rostos eram tristes
Quase sem esperanças
Amargavam bullying todo dia
Viviam como quem perde
Consistentemente xingados de gordo e nerd
Explicamos bem calmamente
Que não tem nada errado em ser forte ou inteligente
Na sequencia eles sorriam
E vieram com a gente

Só que logo a frente a cena era chocante
Preconceituosos espancavam um adolescente
Aos gritos diziam que ele tinha que morrer
Mas eu e meu pessoal os botamos para correr
Ele tem direito de viver e ser quem escolheu
Se nem cristo julga
Então quem sou eu?
Isso vale para o ateu ou pro crente que se ilude
Amor verdadeiro não se confunde
Coisa melhor, sim eu sei que consigo
Eu não tomei, nem morri, ainda to vivo
Daqui pra frente
O meu corre é outro pra mim já deu
Larguei mão vou virar o jogo
Composição: Andressa Bontempo


Coração É Frágil

Eu quis ter você na minha vida
Lhe ter por toda minha vida
Fazer de você o meu mundo
E te tratar tao bem
Te enxerguei como o meu bem maior
Quis ser o pai do seu filho
Lhe dar uma vida melhor
Sonhei com seu sorriso
Pousado no meu ombro
Quis admirar seu sono
Todas as noites, por todas as noites

Mas o sonho virou pesadelo
O eterno foi passageiro
Seu coração é de gelo
E eu não pude aquece-lo
Eu mesmo queria iludir
Querendo você só para mim
Eu é que sei o quanto sofri
Mas a dor chegou ao fim

Coração é frágil
Precisa de cuidado
Pois vive magoado
Já foi muito judiado
Sim, agora eu vou cuidar de mim
Sim, agora eu vou cuidar de mim

Desde cedo os amigos disseram
Que na sua mão eu fui só um brinquedo
Homem ingenuo, pensando em casamento
Romântico a moda antiga, ela moderna na balada
Curtindo com as amigas, eis o motivo das nossas brigas
Eu quero casa, filme, pipoca
Ela quer noite, agito e vodca
Assim não pode dar certo
Meu Deus como fui cego
Ter fins incompatíveil
Tao destrutíveis quando ficam perto
Ou asis que se dissipa com miragem no deserto

Coração é frágil
Precisa de cuidados
Pois vive magoado
Já foi muito judiado
Sim, agora eu vou cuidar de mim
Sim, agora eu vou cuidar de mim

Coração é frágil, o coração é frágil
Precisa de cuidado, coração é frágil
Frágil, frágil, frágil

No mundo de loucos, aos poucos
A gente aprende como viver
Eu sei vai doer, eu sei vai doer
Ate conhecer a nossa metade
A gente chora, magoa, magoa e chora
Como a gente sofre, sofre, sofre, sofre
Então descobre como é nobre
Aquele alguém
Que chega que vem, pra ficar de vez
Provando de modo especifico
Que o passado foi só um inquilino
Quem te merece vai te dar valor
Quem te merece vai te dar valor
Isso é amor, isso é amor, isso é amor, isso é amor
Derrete o gelo, produz calor
Derrete o gelo produz calor
Isso é amor, isso é amor, isso é amor, isso é amor
Um lar de benção, um lar de paz
Estar com saúde, e o que satisfaz
Quem não prestou ficou para trás
Não quero sofrer assim nunca mais

Saiba esperar tem que saber se guardar
Seu coração é um templo
Então não deixe qualquer um entrar

Saiba esperar tem que saber se guardar
Seu coração é um templo
Então não deixe qualquer um entra

Coração é frágil
Precisa de cuidados
Pois vive magoado
Já foi muito judiado
Sim, agora eu vou cuidar de mim
Sim, agora eu vou cuidar de mim
Composição: Andressa Bontempo

Sentimento Bom

É tão confuso esse mundo cheio de dor
Tão distante daquele verdadeiro amor
Mas eu quero me aproximar
Até eu reencontrar
Joga a mão pro alto, festeje e bate palma
Deixa aflorar o sentimento bom que vem de dentro d'alma
Vem de dentro d'alma, vem de dentro d'alma

Joga a mão pro alto, festeje e bete palma
Deixa aflorar o sentimento bom que vem de dentro d'alma
Vem de dentro d'alma, vem de dentro d'alma
Eu só quero amar, amar, amar e amar
Eu só quero amar, amar, amar e amar

Meu lado bom quê sair
Meu lado bom está aqui
Pra se encontrar com gente que também quer o bem
Quê o bem, fazer o bem, sem olhar a quem
Eu vou abençoar
Sem me importar com a cor da sua pele ou de onde você vem
Eu não sou o juiz de ninguém
Eu só quero amar, só quero amar, só quero amar
Eu só quero amar, só quero amar, só quero amar
O ódio aqui hoje não vai entrar
O amor é quem manda que vai controlar
A canção é de paz, então vamos cantar, vamos cantar, vamos cantar

Joga a mão pro alto, festeje e bete palma
Deixa aflorar o sentimento bom que vem de dentro d'alma
Vem de dentro d'alma, vem de dentro d'alma
Eu só quero amar, amar, amar e amar
Eu só quero amar, amar, amar e amar

Faça direito aquilo que tem que ser feito
Tire do peito tudo que ta com defeito
Fique legal expulse o mal, expulse o mal
Então fique legal, vamo fique legal
Tire de ti tudo que for negativo
Queima da alma aquilo que te for nocivo
Que pulse em ti um coração positivo, que pulse em mim um coração positivo
Cheio de amor e vontade de bem
Cheio de sonhos e sem raíva de ninguém
Sinta-se livre para amar, sinta-se livre para recomeçar
Aplaudi a vida e seu significado
Sentimento bom tem que ser liberado, sentimento bom tem que ser liberado
Liberado, liberado

Joga a mão pro alto, festeje e bete palma
Deixa aflorar o sentimento bom que vem de dentro d'alma
Vem de dentro d'alma, vem de dentro d'alma
Eu só quero amar, amar, amar e amar
Eu só quero amar, amar, amar e amar














Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...